O que NÃO fazer em um cruzeiro

Navio de cruzeiro de luxo navegando para o porto ao nascer do sol

Viajar de cruzeiro é uma experiência única que combina luxo, aventura e a beleza inigualável de explorar destinos fascinantes enquanto navega pelos mares. 

Em um cruzeiro, os viajantes têm a oportunidade de desfrutar de uma variedade de comodidades a bordo, desde restaurantes gourmet e entretenimento de classe mundial até instalações de lazer e relaxamento. Além disso, a cada parada, os passageiros têm a chance de explorar novas culturas, paisagens deslumbrantes e locais históricos. 

No entanto, alguns erros podem ser cometidos durante a viagem. A seguir, vamos falar sobre como evitar problemas e o que NÃO fazer em um cruzeiro!

1. Ir para o porto no dia de embarque

Uma decisão que pode transformar o início de sua viagem de cruzeiro em um pesadelo é deixar para ir ao porto no próprio dia do embarque, especialmente se precisar voar até o local de partida do navio, principalmente se for em outro país. 

Voos podem ser suscetíveis a atrasos, cancelamentos ou outros imprevistos que estão além do nosso controle. Optar por chegar com antecedência proporciona uma margem de segurança, permitindo lidar com eventuais contratempos sem correr o risco de perder o navio. 

Isso não apenas garante uma entrada tranquila a bordo, mas também proporciona um início mais relaxante e sem estresse para a sua viagem.

2. Passar muito do seu tempo na cabine

Enquanto as cabines dos cruzeiros oferecem conforto e privacidade, passar demasiado tempo nelas pode resultar na perda de oportunidades valiosas de aproveitar tudo o que o navio tem a oferecer. 

Os cruzeiros são verdadeiros centros de entretenimento, com uma variedade de atividades, restaurantes, shows e áreas de lazer. Ao se limitar à cabine, você pode perder experiências enriquecedoras e interações sociais únicas. 

Aproveitar os recursos do navio, como piscinas, restaurantes temáticos, teatros e áreas de recreação, vai tornar a sua viagem muito mais divertida

Portanto, a dica é explorar, socializar e tirar o máximo proveito das inúmeras opções de entretenimento a bordo!

3. Não aproveitar os restaurantes a bordo

Um erro comum durante um cruzeiro é não explorar a variedade de restaurantes a bordo. Os navios de cruzeiro oferecem uma experiência gastronômica excepcional, com uma diversidade de opções que vão desde restaurantes buffet até estabelecimentos de alta gastronomia. 

Ignorar essas opções é perder a oportunidade de desfrutar de deliciosas iguarias preparadas por chefs talentosos. 

Seja explorando a cozinha local em um restaurante temático, desfrutando de um jantar elegante no restaurante principal ou saboreando pratos leves em um café à beira da piscina, os restaurantes a bordo são uma parte fundamental da experiência de cruzeiro. 

Dessa forma, não deixe de explorar e desfrutar da incrível variedade gastronômica disponível durante sua viagem.

4. Não conferir as atrações a bordo

Outro equívoco é não aproveitar as inúmeras atrações oferecidas a bordo do navio. Os cruzeiros são verdadeiros centros de entretenimento flutuantes, proporcionando uma ampla gama de shows, apresentações, festas temáticas e jantares especiais. 

Muitas dessas atrações são anunciadas diariamente no programa do cruzeiro, oferecendo aos passageiros a oportunidade de planejar seu dia e não perder eventos interessantes. 

Desde espetáculos teatrais e concertos até festas na piscina e noites temáticas, há algo para todos os gostos. Não conferir essas atrações é perder a chance de vivenciar momentos únicos e criar memórias inesquecíveis durante sua viagem. 

Portanto, fique atento ao itinerário diário e explore as numerosas opções de entretenimento que o navio tem a oferecer.

5. Se atrasar

Um dos maiores erros em um cruzeiro ocorre durante os passeios em terra, quando o navio atraca em uma cidade. É vital não se atrasar para voltar ao navio no horário especificado, pois os cruzeiros têm itinerários rigorosos e não esperam por passageiros atrasados. 

Por isso, ao participar de excursões em terra ou explorar por conta própria, sempre siga os horários estabelecidos e retorne ao navio com tempo suficiente. Caso contrário, há o risco real de ficar para trás, tornando-se responsabilidade do passageiro encontrar seu próprio meio de transporte para alcançar o navio no próximo porto de escala.

6. Não contratar um seguro viagem

Outro erro comum é viajar em um cruzeiro sem contratar um seguro viagem adequado. Embora a viagem seja uma experiência muito esperada, imprevistos como doenças, acidentes ou até mesmo cancelamentos podem ocorrer.

Contratar um seguro viagem oferece uma camada adicional de proteção financeira e assistência, cobrindo despesas médicas, repatriação, perda de bagagem e outros incidentes imprevistos.

Além disso, alguns destinos podem exigir seguro viagem como requisito para entrada. Ignorar essa precaução pode resultar em custos inesperados e complicações durante a viagem. 

Por isso, ao investir em um seguro viagem, os passageiros podem desfrutar de mais tranquilidade. Tendo a certeza de que estão cobertos em caso de imprevistos e permitindo que aproveitem ao máximo sua experiência de cruzeiro.


Depois de todas essas dicas, é hora de arrumar as malas e embarcar nessa experiência incrível! Em nosso blog, você vai encontrar tudo e muito mais sobre viagens de cruzeiro!

Compartilhe: